segunda-feira, 21 de março de 2011

LAVÍNIA FONTANA-(Bolonha, 24 de Agosto de 1552 — Roma, 11 de Agosto de 1614).






Lavinia Fontana nasceu no dia 24 de agosto, em Bologna, Itália. Filha do pintor Prospero Fontana, que era diretor da Escola de Bologna e que foi também seu professor. Os filhos seguirem a carreira dos pais era algo típico naquela época, entretanto o mesmo não era comum para uma mulher. Lavínia é considerada a primeira mulher na Europa Ocidental a desenvolver uma carreira profissional como artista, trabalhando do mesmo modo que os artistas homens, fora de uma corte ou de um convento.
Lavinia pintou em vários estilos. No começo de sua carreira, era famosa por pintar moradores de alta-classe de Bolonha. Também executou nus masculinos e femininos e pinturas religiosas em grande escala.
Casou com Paolo Zappi em 1577. Teve 11 filhos, mas apenas 3 ainda viviam após sua morte. Após o casamento, Fontana continuou a pintar para ajudar no sustento da família. Zappi cuidava da casa e até mesmo ajudava sua mulher em elementos menores das pinturas.
Fontana e sua família se mudaram para Roma em 1603 a convite doPapa Clemente VIII. Lavinia fez sucesso em Roma e o Papa Paulo V posou para ela. Morreu em Roma em 1614.
 DUAS OBRAS:

domingo, 20 de março de 2011

JUDITH LEYSTER-HOLANDA : 1609-1660.




JUDITH LEYSTER:Nascida em Haarlem,Holanda. É possível que tenha sido aluna de Frans Hals e Franz Pietersz de Grebber.Foi uma excessão na sua época, porque não era filha de um pintor mas adquiriu fama como pintora. Registros indicam que Judith só foi aceita como artista após se casar com o pintor Jan Miense Molenaer. Seus primeiros trabalhos possuem influências de Hals e Caravaggio.

Judith é uma das três pintoras de destaque na "época de ouro" da pintura flamenga.

ALGUMAS OBRAS:
Laproposicion

Jovenflautista
judith_leyster_001Judith

Rosalba Carriera - ( ITÁLIA : 1675-1757)


AUTO RETRATO CERCA DE 1765.


Rosalba Carriera foi uma pintora de retratos atraentes, imensamente populares no seu tempo. Viajou bastante por toda a Europa, explorando uma nova moda de retratos a pastel, de modo que os seus trabalhos se encontram na maior parte das grandes galerias europeias.
Rosalba era veneziana e foi aluna de seu cunhado Gianantonio Pellegrini. Supõe-se que travou conhecimento com Watteau em Paris, e trabalhou durante algum tempo em Viena. Criou alguns temas “ideais”, que consistiram principalmente em raparigas seminuas muito afectadas e em atitudes provocantes. Neste campo precedeu o pintor francês Greuze, que explorou o mesmo tema.
A arte de Rosalba Carriera é uma das mais típicas representações dos mais fúteis aspectos da sociedade aristocrática do século XVIII, mas por vezes faz aflorar o encanto e a elegância dos ideais rococó.
A sua longa vida teve um desfecho dramático: cegou e enlouqueceu, morreu em Veneza em 1757.

Fonte: Enciclopédia Ilustrada de Pintura, Desenho e Escultura - Grolier Incorporated - 7ª. publicação - 1979.

OBRAS :





terça-feira, 15 de março de 2011

A PRIMEIRA PINTORA CONHECIDA NA HISTÓRIA DA ARTE...







Sofonisba Anguissola (Cremona1527 –Palermo1623) foi uma pintora renascentista italiana, discípula deBernardino Campi. Foi a primeira artista a adquirir fama internacional de que se tem notícia. Foi admirada por Michelângelo e Anthony van Dyck, entre outros. Filipe II de Espanha convidou-a para ser pintora oficial em sua corte.   Notabilizou-se pela extensa série de auto-retratos que produziu.

EXTRAIDO DA WIKIPÉDIA.


ALGUMAS OBRAS: